sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Aceita um café? É o livro lançado pelo Prof. João Maria em Prudentópolis

By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: INTERVALO DA NOTICIAS Imagem: Divulgação

Foi no dia 21/11, que o professor e escritor João Maria da Silva escolheu para o lançamento do seu 13º livro, Aceita um Café? Sendo 21 anos de escritor, e o lançamento aconteceu na Unicentro de Prudentópolis.
A reportagem do Intervalo da Noticias entrevistou João Maria, que relata um pouco da sua escolha de escritor e como também sendo professor. (Entrevista e fotos abaixo).
O seu primeiro livro foi o que mais lhe marcou, sendo Lágrimas Azul, que teve sua maior tiragem e como também até agora ainda é lembrado por muitas pessoas, mesmo depois destes 21 anos.
Continua depois da publicidade 
Este livro teve uma parceria com a editora Multifoco, mas os demais livros tiveram que ter apoio de patrocínios e até tirar dinheiro do seu bolso para poder publica-los.
João Maria que se espelhou em amigo para virar escritor, escolheu o ramo da poesia para escrever seus livros.
Descrição:
Aceita um Café? É um livro de prosa poética, estruturado em doze partes, denominadas de “Encanto I”, “Encanto II”, e assim por diante, em que os textos podem ser lidos tanto individual quanto coletivamente, como uma história que vai se construindo e cujo final concatena todas as pontas emitidas de todos os poemas.
Nesse livro, nada é gratuito. A começar pela dedicatória: “Para a ‘Moça Tecelã’”. Trata-se do título do conto de Marina Colasanti, em que relata a história de uma moça que tecia tudo o que precisava. Até mesmo um marido. Mas, como este a explorava, ela o desteceu.
Esse tecer/destecer remonta a Penélope, da Odisseia, de Homero. Daí a epígrafe ser um fragmento da obra Dialética do Esclarecimento, de Adorno & Horkheimer, no qual os autores comentam o canto 12 da obra do autor grego. E assim meu livro ser constituído de 12 encantos.
Se Aceita um Café? 
Continua depois da publicidade
Sugere uma tranquilidade de espírito da voz poética, ela mesma se deixa sondar em suas profundezas; basta observar a epígrafe do livro. Ela sugere o oceano de onde o poeta emergiu. Afinal, ele passa dois anos escrevendo para sua musa, e somente quando não mais suporta a ausência dela é que decide aceitar o seu convite para um café.
Este livro pode ser comprado somente pelo site da editora ou então pessoalmente com professor João Maria.
Agradecimentos:
Ao professor Edson Macohon, diretor do Campus Avançado de Prudentópolis; 
À professora Michelle Fernandes Lima; As minhas ex-alunas e alunos do 1º, 2º e 3º anos do curso de Pedagogia; 
A Iluana Penteado, nossa mestre-de-cerimônias e aluna do 3º ano de Pedagogia; 
Aos funcionários do Campus: Marina Vanuze da Silva, Silvana Guimarães e Terezinha Antonio; 
Aos estagiários: Lucas Zdebski e Iohanna Makohim; 
À professora Míriam dos Santos Marconato; 
À professora Silvana Oliveira; Ao professor Vilde Pedro Andreazza; 
E, finalmente, ao 3º ano de Pedagogia do Campus de Prudentópolis – pela beleza da homenagem que me fizeram. 
Continua depois da publicidade 
Vocês, certamente, acrescentaram certificados importantes de alegria e de reconhecimento ao currículo da minha existência.
Para mais detalhes sobre o livro ou contratações para palestras pode ser acessada pela sua página na rede social.
Entrevista:
Continua depois da publicidade

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário