quarta-feira, 30 de maio de 2018

Segunda turma do STF condena Nelson Meurer por desvio da Petrobrás


By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: PARANA PORTAL Imagem: Erasmo Salomão


Por maioria de votos, o deputado Nelson Meurer (PP-PR) foi condenado por corrupção passiva (por 30 vezes) e por lavagem de dinheiro (por 7 vezes). Ministros agora decidem a dosimetria da pena.
Essa é a primeira ação da Operação Lava-jato julgada pela 2ª turma do STF.
Segundo o Ministério Público Federal, Meurer teria usado sua relevância como líder do partido para manter o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, no cargo, de modo a garantir vantagens indevidas para si e para o partido entre os anos de 2006 e 2014. De acordo com a denúncia, Meurer teria solicitado e aceitado, de forma periódica, pelo menos R$ 29,7 milhões, correspondentes a 99 repasses de R$ 300 mil mensais, fruto do desvio de recursos no âmbito da Diretoria.
Continua depois da publicidade
Todas as irregularidades são negadas pelo parlamentar, que já soma 24 anos de Câmara Federal. São seis mandatos consecutivos do político que tem base eleitoral em Francisco Beltrão e ligações estreitas com o agronegócio. Na eleição mais recente para deputado federal, Meurer teve 106 mil votos, o 18º mais bem colocado no pleito.


Nenhum comentário:

Postar um comentário