quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Justiça decreta prisão de ex-jogador Roberto Carlos



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: UOL Imagem: Werther Santana (Estadão)



O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou a prisão por três meses do ex-jogador Roberto Carlos por atraso na pensão alimentícia de dois filhos, um menino e uma menina. Segundo a ação, o pentacampeão mundial deve R$ 61 mil.
O processo foi movido pela mãe das crianças, Barbara Thurler. À Justiça, Roberto alegou dificuldades financeiras para arcar com a pensão. O Tribunal rejeitou pedido de parcelamento da dívida.
A prisão deve ser cumprida em regime fechado até que Roberto Carlos efetue o pagamento do débito.
Aos 43 anos, Roberto atualmente mora no exterior e atua como embaixador do Real Madrid na Ásia e Oceania. Ele tem nove filhos.
No despacho, a juíza Mayane de Castro Eccard informa que Roberto Carlos propôs pagamento no valor de R$ 35 mil e outras 13 parcelas de R$ 2 mil, pedido que não foi aceito pela família.
"Da análise detida dos autos, de fato, não restou configurada a impossibilidade de o devedor arcar com o pagamento da pensão alimentícia. Instado a manifestar-se acerca da execução, o executado, embora tenha reconhecido o débito, não apresentou nenhuma justificativa para o inadimplemento, conforme certificado nos autos", escreveu a juíza.
"Ademais, como bem salientado pela parte exequente, os próprios termos da proposta de parcelamento apresentada indicam a possibilidade financeira do devedor, já que ofereceu pagar à vista a quantia de R$35.000,00 condicionando o pagamento, no entanto, à aceitação da proposta pela representante legal de seus filhos", complementou.
A assessoria do ex-jogador soltou um comunicado oficial na tarde desta quarta dizendo que Roberto Carlos pagou as pensões e que "a situação será regularizada".
Confira o comunicado:
Em virtude da notícia veiculada pela imprensa nesta quarta-feira (23), na qual informa que o ex-jogador e atual embaixador do Real Madrid, Roberto Carlos, teve a prisão decretada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, a Futpress Comunicação, assessoria de imprensa do ex-atleta, informa que o Roberto efetuou o pagamento da pensão alimentícia referente a junho no último dia 3 de agosto.
No entanto, devido a um procedimento burocrático, o juiz responsável pelo caso ainda não manifestou-se a respeito. Fernando Henrique Pittner, advogado de Roberto Carlos, afirma que, após a manifestação descrita acima, o processo será regularizado.
Pittner ainda informa que a pensão referente ao mês de julho foi regularizada nesta quarta (23).

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário