sábado, 22 de julho de 2017

Suspeito de matar massoterapeuta que trabalhou em Prudentópolis é preso em PG



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: RÁDIO ESPERANÇA Imagem: A Rede

Em coletiva de imprensa no início da noite desta sexta-feira (21), o delegado do Setor de Furtos e Roubos da 13º Subdivisão Policial (SDP) de Ponta Grossa, Fernando Jasinski, apresentou o principal suspeito de ter espancado o massoterapeuta Sandro Murilo Pedrozo. O crime ocorreu no dia 18 de junho. Infelizmente a vítima não resistiu e morreu no Hospital Bom Jesus após mais de 30 dias de internamento – grande parte na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
A prisão ocorreu no final da tarde, por volta das 17 horas, depois que uma denúncia anônima repassou a localização do suspeito. O mandado de prisão já havia sido expedido, porém o paradeiro do envolvido era incerto. O rapaz de 19 anos de idade estava na casa de familiares que residem próximo ao local do crime. Ele estava escondido no banheiro, atrás da porta. O suspeito tem uma tatuagem de fuzil no braço direito. Segundo Jasinski, o rapaz pretendia deixar o Paraná.
“A prisão dele é temporária. Todavia, por ser um crime hediondo, ela pode durar 30 dias, sendo prorrogada por igual período. Vamos representar pela prisão preventiva também”, disse o delegado. Questionado sobre a motivação, Jasinski afirmou que o caso vem sendo considerado como um crime contra o patrimônio. “Ele preferiu se manter em silêncio e disse que apenas falará na presença de um advogado”, complementou o delegado.
O suspeito possui passagem por porte de substâncias entorpecentes e estaria envolvido em outro caso de lesão corporal registrado em Ponta Grossa.
Imagens de câmera de segurança auxiliaram nas investigações
Imagens do momento da agressão sofrida por Sandro Murilo Pedrozo auxiliaram no trabalho de investigação da Polícia Civil. O vídeo, de quase 50 segundos, mostra o massoterapeuta e o agressor andando lado a lado. Na sequência, a vítima leva um soco, vindo a cair na Rua Alfredo Santana. Logo em seguida, ele sofre outros golpes, ficando desacordado. O suspeito deixa o local tranquilamente.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário