sábado, 22 de julho de 2017

Postos do Paraná reajustam o preço dos combustíveis, após aumento da tributação



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: G1 Imagem: Divulgação


Postos de combustíveis do Paraná começeram a reajustar o preço da gasolina, do etanol e do diesel na manhã desta sexta-feira (21), após o governo federal anunciar, na quinta (20), o aumento da tributação sobre os combustíveis.
Na capital paranaense, na maioria dos postos de combustíveis, o reajuste da gasolina foi, em média, de R$ 0,40. Em alguns locais, o litro da gasolina está custanto até R$ 3,79.
Outros postos de combustíveis ainda mantêm os preços antigos nas bombas, pelo menos, até enquanto durar o estoque atual. Nestes, houve filas de motoristas para abastecer os carros.
Por meio de nota, o Sindicato dos Revendedores de Combustíveis e Lojas de Conveniências do Estado do Paraná (Sindicombustíveis-PR) informou que "vê com grande preocupação a elevação de impostos anunciada pelo governo federal".
O sindicato afirmou que o aumento da carga tributário prejudica empresas, consumidores e a sociedade em geral. *Leia, no fim da reportagem, a nota na íntegra.
O reajuste
O aumento da tributação sobre os combustíveis passou a valer nesta sexta-feira.
A tributação sobre a gasolina, por exemplo, subiu R$ 0,41 por litro. Com isso, a tributação mais que dobrou, e os motoristas podem pagar R$ 0,89 a mais pelo litro. 
Região central
Em Guarapuava, na região central, a concorrência entre postos de combustíveis chegou a derrubar os preços do litro da gasolina a R$ 3,0 em alguns postos, antes do reajuste anunciado pelo governo federal.
Mas, na manhã desta sexta-feira, alguns empresários já aplicaram o reajuste direto nas bombas, mesmo não recebendo carga nova de combustíveis. Um dos donos alegou que precisava segurar estoque, diante de uma corrida dos consumidores para não faltar no seu estabelecimento.
Outros estão reajustando ao longo do dia, à medida que a carga nova vai chegando.
O preço médio da gasolina em Guarapuava estava R$ 3,27 o litro. Agora, deve chegar a R$ 3,68. O etanol estava custando R$ 2,49 e deve subir para R$ 2,69, enquanto o diesel deve ir de R$ 2,64, para R$ 2,87 o litro. 
postos é menor que o próprio aumento.
A revenda de combustível é um dos setores do comércio que trabalha com as menores margens de lucro devido à grande concorrência entre as empresas. Num cenário de recessão há mais de dois anos, grande parte dos postos opera com estoques baixos, devido ao alto custo do capital de giro. Assim, a renovação de estoque é feita praticamente todos os dias.
Salientamos, ainda, que a carga de impostos sobre os combustíveis no Brasil já é extremamente pesada. No caso da gasolina, os tributos estaduais e federais representam cerca de 50%.
Entendemos, por fim, que o aumento da carga tributária é especialmente prejudicial num quadro de recessão, pois transfere recursos do setor privado para o público. Perdem todos. Empresas, consumidores e a sociedade em geral".

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário