segunda-feira, 3 de julho de 2017

Filho é suspeito de matar o pai a golpes de machado em Imbituva



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: RÁDIO NAJUÁ Imagem: PM

Um homem foi morto pelo próprio filho em Imbituva. A vítima, de 64 anos, não resistiu aos ferimentos após ter sido atingida com golpes de machado. O fato ocorreu na tarde desta segunda-feira, 3, na Vila Nova.

A Polícia Militar recebeu uma ligação por volta das 14h30. Conforme a denúncia, um homem teria agredido o pai e que possivelmente ele estaria morto. O filho da vítima, de 33 anos, foi encontrado nos fundos da residência. Segundo os policiais, ele apresentava distúrbios mentais, falava palavras desconexas e estava sentado do lado externo do imóvel. Durante a abordagem, nenhum objeto ilícito foi localizado. O suspeito confessou que teve uma discussão e agrediu seu pai.
A vítima foi localizada com um ferimento na orelha direita. O local foi isolado. A ambulância municipal foi acionada, mas a vítima já estava em óbito. A Polícia Civil esteve no local realizando os procedimentos cabíveis.
O suspeito do crime afirmou que utilizou um machado para agredir seu pai no momento que ele dormia. O homem ainda mostrou onde estava o machado, que foi deixado no local até a chegada da criminalística.
A esposa da vítima relatou que saiu de casa no período da manhã. Quando retornou logo após o almoço, ela encontrou o esposo deitado na cama. A mulher retirou a coberta que o marido estava usando e constatou que ele estava com marcas de sangue e um ferimento na cabeça. Depois disso, ela deixou a casa e pediu ajuda na vizinhança.
O filho da vítima foi detido e encaminhado até a Delegacia de Imbituva. O machado foi apreendido e também conduzido para a Delegacia. Já o corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), em Ponta Grossa.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário