quarta-feira, 14 de junho de 2017

Prudentópolis conta com o envio de alertas de desastres naturais



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: REDE SUL DE NOTICIAS Imagem: Divulgação/Ilustração

Prudentópolis está entre os cinco municípios paranaenses que, a partir desta terça (13), contarão com o novo serviço de disparo de alertas a desastres naturais da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (Cepdec). De acordo com a Agência Estadual de Notícias, o sistema, desenvolvido pela Secretaria Nacional de Defesa Civil, envia alertas de risco por mensagem de texto (SMS) gratuitas para telefones cadastrados e estará disponível para Prudentópolis, Santo Antônio do Sudoeste, Querência do Norte, Salto do Lontra e Rondon. 
Os municípios contemplados com este programa-piloto foram escolhidos por terem registrado o maior número de ocorrência de Situação de Emergência ou Estado de Calamidade Pública, nos últimos sete anos. Querência do Norte registrou 63 ocorrências, seguida por Prudentópolis (28), Santo Antônio do Sudoeste (22), Salto do Lontra (16) e Rondon (15).
O serviço, sem custo para a população, é realizado em parceria com o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres, Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e operadoras de telefonia móvel. O objetivo é informar a população sobre situações iminentes de desastres, emergência e/ou estado de calamidade pública, por meio de mensagens de texto.
“O envio dos SMS é mais um caminho para alertar a população e evitar acidentes e diminuir prejuízos. As pessoas que receberem os alertas vão conseguir se preparar para a chegada de uma chuva forte, granizos e, caso seja necessário, sair com tempo hábil das áreas de risco”, disse o chefe operacional da Defesa Civil do Paraná, capitão Romero Nunes da Silva.
MAIS MUNICÍPIOS
O serviço está disponível apenas para os cinco município, mas a expectativa é que em 60 dias o sistema seja ampliado para todos os municípios do Estado. “Vamos acompanhar o desempenho do sistema, o alcance e resultados. Assim que o programa estiver em pleno funcionamento nessas cinco cidades ampliaremos em massa para todo o Paraná”, afirmou o chefe operacional.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Um comentário:

  1. Sugiro complementarem esta noticia com estas informações.
    http://www.brasil.gov.br/defesa-e-seguranca/2017/01/defesa-civil-enviara-alertas-de-desastres-pelo-celular

    ResponderExcluir