domingo, 23 de abril de 2017

Ídolo da Jovem Guarda, Jerry Adriani morre no Rio de Janeiro



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: CORREIO BRAZILIENSE Imagem: Divulgação

Ídolo da Jovem Guarda, o cantor Jerry Adriani morreu neste domingo (23/4), aos 70 anos, no Rio de Janeiro. Eles enfrentava uma batalha contra um câncer e estava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca. A família do músico ainda não informou a data ou o horário do enterro.
O câncer foi descoberto após uma série de exames que começou no início do mês passado, quando Adriani foi internado pela primeira vez. No último 3 de março, o cantor deu entrada no hospital por conta de uma trombose venosa profunda na perna direita. Duas semanas após receber alta, o músico voltou a ser internado devido a complicações. 
Para tentar tranquilizar os fãs, Adriani postou um vídeo em sua página do Facebook gravado em seu quarto no hospital. "Para que não se criem falsas verdades, a gente está dizendo que está tudo sob controle e logo estamos fora daqui para cantar de novo para vocês. Não vai demorar, se Deus quiser", disse.
Início da carreira
Adriani nasceu em 29 do janeiro de 1947, no bairro do Brás, em São Paulo. Em 1964, começou a carreira como cantor profissional e lançou um disco em italiano. Só no ano seguinte que passou a gravar obras em português.
O músico comandou, entre 1967 e 68, o programa A Grande Parada, na TV Tupi, junto com Neyde Aparecida, Zélia Hoffmann, Betty Faria e Marilia Pera. O musical ao vivo apresentava nomes importantes da Música Popular Brasileira.
Entre 1969 e 1971, teve uma parceria marcante com Raul Seixas. Ele gravou as músicas do 'maluco beleza' e foi produzido por ele. Raul ainda não tinha ficado famoso. 
Além da música, Adriani também teve passagem pelo cinema com os filmes "Essa Gatinha a Minha", "Jerry, A Grande Parada" e "Jerry em busca do tesouro" e pelo teatro com o musical "Brazilian Follies", de 1975. Ele também esteve presente na trilha sonora de novelas, como a "A Indomada" e "Zazá", da Rede Globo, e participou da novela "74.5 Uma Onda no Ar", da Manchete.
Adriani em vários estilos 
Em 1999, lançou um disco com músicas do Legião Urbana gravadas em italiano, que vendeu mais de 200 mil cópias. Em 2007, gravou seu primeiro DVD "Jerry Adriani Acústico Ao Vivo", no qual faz releitura de sucessos que se tornaram clássicos de sua carreira, apresentando também canções inéditas.
Adriani lançou o CD "Pop, Jerry & Rock" em 2011, quando dividiu a produção e os arranjos com Reinaldo Arias. O disco homenageou Raul Seixas e Tim Maia na faixa "2012", e fez alusão à música “Rock Around the clock”, sucesso de Bill Haley, na faixa “Rock around the time”, além de de ter contado com parcerias dele próprio e Paulo Mendonça, em “Fantasia” e “Highway Virtual”.
Em 2012, apresentou o show “Jerry toca Raul & Elvis”, no Teatro Rival, no Rio de Janeiro. Na apresentação, fugiu do estilo da Jovem Guarda que o tornou nacionalmente conhecido, dando espaço ao repertório com músicas como “Are you lonesome tonight”, “Kiss me quick”, “My way”, “Há dez mil anos atrás”, “Medo da chuva”, canção, inclusive, que Raul compôs para a voz de Jerry, “Tente outra vez e “Maluco beleza”.
 
OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário