sábado, 11 de março de 2017

Polícia Ambiental encontra áreas de desmatamento em Ipiranga



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: RÁDIO NAJUÁ Imagem: Divulgação

Durante patrulhamento pelas localidades de Areião e Quatis, município de Ipiranga, a Polícia Ambiental constatou o corte de 152 pinheiros em uma propriedade rural. Do local, também foram cortados 14 imbuias, 14 canelas guaicá e 25 xaxins, espécies ameaçadas de extinção.
Na propriedade, foi encontrada uma área de desmatamento em estágio avançado de regeneração do bioma Mata Atlântica, de onde foram retiradas espécies de pinheiro, imbuia, canela guaicá, entre outras. Os policiais apreenderam 100 metros cúbicos de lenha nativa de diversas espécies, além de 20 metros cúbicos de toras de pinheiro e 4 metros cúbicos de imbuia. Um trator também foi apreendido no local por ter sido utilizado para cometer o dano.
A área de desmatamento mede cerca de 3 hectares. No local, foi encontrada a abertura de uma craveira e de uma estrada no meio da mata. Os policiais também constataram danos em uma área de preservação permanente, às margens de um córrego de dois metros de largura. A área danificada mede 0,8 hectares.
A área foi embargada e o responsável foi orientado a parar com os danos ambientais. A madeira e o trator permaneceram no local, sob responsabilidade do dono da propriedade.
Pouco depois, na localidade de Quatis, os policiais encontraram 23 metros cúbicos de ripas, tábuas e vigas beneficiadas de pinheiro, além de 04 metros cúbicos de imbuia em ripas, tábuas e vigas beneficiadas. O material estava armazenado em uma madeireira da região.
No momento da fiscalização, o proprietário da madeireira não apresentou Documento de Origem Florestal (DOF) e a nota fiscal da madeira e nem a Licença de Operação Florestal (LOF) do estabelecimento, documentos que são expedidos pelo IAP. O proprietário alegou não possuir a documentação solicitada.
O material foi apreendido e ficou sob a responsabilidade do dono da madeireira. Nos dois casos, os policiais elaboraram Boletim de Ocorrência e encaminharam cópias para a Delegacia de Polícia Civil de Ipiranga e para o escritório do IAP, para as providências nas esferas administrativa e penal. 

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário