terça-feira, 21 de março de 2017

Anvisa interdita lote de paçoca por conter substâncias cancerígenas acima do limite



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: G1 Imagem: Divulgação


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou um lote de paçoca da marca Dicel por exceder o limite do teor de aflatoxinas, que são toxinas produzidas por fungos, encontradas em alimentos. "As aflatoxinas são substâncias tóxicas e carcinogênicas, e, por isso, produtos fora da especificação não podem ser consumidos pela população", alerta a agência.
O lote de comercialização vetada é o de número 0027 do produto "Doce de Amendoim Paçoca Rolha", da marca Dicel, distribuído pela Indústria e Logistica Wethonklauss Constante Ltda, com data de fabricação 18/11/2016, data de validade 18/11/2017.
A Anvisa informa que o Laboratório de Análise Micotoxicológicas (LAMIC) de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, detectou os teores de aflatoxinas acima do Limite Máximo Tolerado (LMT) para produtos de amendoim.
O produto é fabricado em Goiânia. A interdição cautelar vale para todo o território nacional. O G1 tentou contato com a empresa, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem. 

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário