segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Procuradoria denuncia JMalucelli por irregularidade do atacante Getterson



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: RPC Imagem: Ruth Precoma (JMalucelli)


A  procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PR) denunciou o JMalucelli por suspeita de irregularidade no registro do atacante Getterson no campeonato paranaense. O jogador teria atuado em três partidas antes de ser regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, que aconteceu apenas no dia de 6 de fevereiro, com o Paranaense, em andamento.
Segundo o procurador geral do TJD-PR, Gilson Goulart Junior, a denúncia feita pela Federação Paranaense de Futebol (FPF) através de ofício afirma que o clube infringiu o artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que define a forma de inscrição dos atletas.
A pena prevista é de perda dos pontos obtidos pelo time e mais uma punição de três pontos por partida realizada. No caso do JMalucelli, ele pode perder os sete pontos conquistados nos três primeiros jogos e ainda acrescentaria a penalidade de nove pontos, que resulta em nove pontos negativos na tabela.
- A procuradoria analisou e, na minha opinião, está configurada a irregularidade. O regulamento da competição e da federação diz que ele tem que ter o nome publicado no BID para ter condição de jogo, completou o procurador.
Ainda não há data marcada para o julgamento, mas a previsão é de que ele seja realizado na próxima semana.
Antes de ser regularizado, Getterson já tinha disputado as três partidas do JMalucelli pelo estadual: vitórias por 3 a 0 sobre o Cascavel e por 2 a 1 sobre o Cianorte, ambas em casa, além do empate por 1 a 1 com o Foz do Iguaçu fora. Depois, o time perdeu para o Paraná Clube neste domingo por 1 a 0. O atacante é artilheiro do Paranaense com três gols, mas o CBJD não prevê punição direta ao atleta como a anulação dos gols.
Procurado quando a denúncia havia sido encaminhada ao TJD-PR, o advogado do Jotinha, Marcelo Contini, afirmou que Getterson já estava regularizado em janeiro, antes da estreia do clube na competição, e que a publicação do nome no BID no dia 6 apenas confirmava o "encerramento retroativo do empréstimo".
- Da nossa parte, a situação está bem clara. Não tem nenhuma irregularidade na condição do jogador. O Getterson está com contrato ativo com o clube desde junho do ano passado. O contrato de empréstimo encerrou no dia 31 de dezembro. Em janeiro, ele já estava de volta e já aparecia no sistema do BID. O histórico já constava com o nome dele antes mesmo de segunda-feira. O contrato de empréstimo já era dado como encerrado. O que foi publicado na segunda-feira foi a formalização do final do empréstimo, o documento que atestava o encerramento retroativo do empréstimo - argumentou o advogado
O próximo compromisso do time do JMalucelli é no Ecoestádio, no próximo sábado, contra o Prudentópolis, às 17h.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário