quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Jovem que ajudou no resgate das vítimas com o avião da Chapecoense ganha casa nova



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: ZERO HORA Imagem: Divulgação

Quase três meses depois do acidente com o avião da Chapecoense, o jovem colombiano Johan Alexis Ramírez Castro, 15 anos, que ajudou no resgate das vítimas em 29 de novembro do ano passado, ganhou uma casa nova. Localizada bem próxima à antiga residência em que ele vivia com o pai, a mãe e a irmã mais nova, no município de La Unión, na Antioquia, a casa fica em uma região elevada onde o avião caiu às vésperas da final da Copa Sul-americana.
A cor predominante, nas áreas externa e interna, é o verde, que remete à equipe catarinense e também às cores da Fundación Compasión, dedicada a ajudar camponeses na Colômbia e que coordenou a entrega do presente. Mais de 30 voluntários se organizaram para ajudar a pintar, mobiliar e decorar a residência — entregue completa à família. Tudo foi feito a partir de doações de pessoas que se mobilizaram para ajudar o "anjo da Chape".
— Entregamos a eles uma casa completa, repleta de objetos usados, em perfeita condição, doados por gente que se emocionou com a disposição dele — disse a diretora da fundação, Isabel Cristina Bood Cárdenas, à imprensa colombiana no momento da entrega, no sábado.
Junto com a casa, Johan ganhou também uma bolsa para garantir seus estudos e a promessa de um empresário local de que melhoraria o caminho para a região de difícil acesso, por onde o jovem ajudou a guiar as equipes de resgate. Outra doação foi o próprio terreno onde a casa foi erguida.
— Eles fizeram tanto, como é bom poder fazer um pouquinho por essas pessoas — afirmou a colombiana Margarita Ramírez, responsável pela doação.
Durante a cerimônia de entrega, Johan declarou que, se pudesse trocar a casa pelas vida das 71 vítimas do acidente, ele trocaria.
— É um alegria muito grande receber isso com toda a minha família, e quero agradecer a todos. Não sei como expressar o quanto estou feliz neste momento — declarou o garoto aos repórteres.
O Atlético Nacional, que faria a final com a Chapecoense e prestou uma série de homenagens às vítimas nos dias que se seguiram à tragédia, também contribuiu com doações, como camisetas e roupas de cama com o símbolo da equipe, além de convidar a família para assistir à partida contra o Rionegro Águilas, neste domingo, em Medellín.
O jovem declarou, pouco após o acidente, que gostaria de conhecer todos os seis sobreviventes que ajudou a salvar. Se depender de um deles, o jornalista Rafael Henzel, o desejo será realizado.
— Quero encontrar esse garoto na Colômbia — escreveu ele em sua conta no Twitter, onde também celebrou o presente dado ao "garoto anjo". 
MATÉRIAS RELACIONADAS: 
Avião que transportava delegação da Chapecoense sofre acidente na Colômbia.
 
"Aeronave reportou falhas elétricas", diz comunicado do aeroporto da Colômbia.


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Controladora de voo que conversou com piloto antes do avião da Chape cair faz desabafo.

Anac revela que a companhia aérea LaMia teve quatro voos negados no Brasil.

LaMia fez quatro voos no limite da capacidade nos últimos seis meses.

Sem receber vaias nem aplausos, Temer não faz pronunciamento durante velório.

Chapecoense será declarada campeã da Sul-Americana e receberá 2 milhões de dólares.

Anjo? Pai diz que filho é herói e explica sumiço após garoto salvar atletas.

Chape é declarada campeã e garante ao menos US$ 4,8 mi em premiações.

Lamia emite nota uma semana após tragédia: “Buscamos o bem-estar dos afetados”.

Com trauma no pulmão, Neto não apresenta evolução e está em estado muito crítico.

Chapecoense pagou por parada técnica, diz TV.

AFA poupa R$10 mil com LaMia, e voo chega com 18 minutos de combustível.

‘Fui ordenada a mudar informe do voo da Chapecoense’, diz funcionária boliviana.

Sheik do Catar vem ao Brasil para ajudar a Chapecoense.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário