quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Candidata do PSDB é fotografada saqueando loja no ES e se apresenta à polícia



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: G1 Imagem: Divulgação


Denunciada nas redes socias por saquear uma loja, a filiada ao PSDB-ES, Marcela Ranocchia, 23 anos, que foi candidata a vereadora em 2016, devolveu os produtos furtados na Delegacia de Cachoeiro de Ipapemirim, no Sul do Espírito Santo, nesta segunda-feira (7). A polícia disse, nesta quarta-feira (8), que ela foi liberada no dia da , o partido emitiu nota de repudio e a filiada não foi encontrada pela reportagem.
A foto que supostamente mostra Marcela foi compartilhada nas redes socias. Não há informação sobre o dia que aconteceu o saque, nem do local furtado.  O Espírito Santo está sem a PM nas ruas porque protestos de familiares dos policiais bloqueiam as saídas dos batalhões. As famílias pedem reajuste salarial para a categoria, que é proibida de fazer greve, e o governo nega. Desde sábado (4), o estado vive uma onda de violência com mortes, saques e assaltos.
De acordo com a Polícia Civil, Marcela procurou a Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri), acompanhada de um advogado e devolveu óculos, sapatos, assessórios, mochilas, bolsas, roupas íntimas e uma panela de pressão.
Marcela foi ouvida e liberada. Segundo a Polícia Civil, as pessoas que estão fazendo a entrega voluntária dos produtos não serão autuadas em flagrante por estar colaborando, mas elas responderão em liberdade.
Os que ainda tiverem com os produtos que foram furtados em suas casas podem ligar para a Depatri no telefone 028 3155-5323 ou podem comparecer na delegacia.
Até o momento cerca de 80 pessoas foram identificadas pelas filmagens e placas de veículos, em Cachoeiro de Itapemirim. As pessoas que não entregarem os produtos e forem pegas em flagrante responderão por receptação, furto qualificado e associação criminosa, segundo a polícia.
Partido repudia atitude de candidata
O PSDB emitiu uma nota oficial nesta terça-feira (07) na qual afirma que as medidas cabíveis para a verificação e punição pelo partido já estão sendo adotadas, inclusive com a instauração de processo disciplinar no Conselho de Ética e Disciplina. Confirmado o fato, após a garantia da ampla defesa e do contraditório, será expulsa.
O PSDB Cachoeiro garantiu ainda que repudia veementemente qualquer ato de vandalismo ou de ação criminosa perpetrado por qualquer pessoa, ao mesmo tempo em que afirma que a conduta de um de seus membros não se assemelha aos dos demais participantes da sigla.
O presidente do PSDB no município, Cícero Moura, informou que o partido está tentando contato com Marcela desde que recebeu informações sobre as imagens.
A reportagem também tentou contato com a candidata, mas sem sucesso.
MATÉRIAS RELACIONADAS:
"Estamos doidos para voltar para a rua", diz cabo da PM do Espírito Santo.

Mesmo com Exército, Grande Vitória segue com escolas e lojas fechadas.

Sem policiamento no ES, prejuízo no comércio passa de R$ 4,5 milhões.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário