segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Atletiba é remarcado para a Quarta-feira de Cinzas



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: BEM PARANÁ Imagem: Geraldo Bubniak


A Federação Paranaense de Futebol (FPF) remarcou o clássico entre Atlético Paranaense e Coritiba para 1º de março (quarta-feira) às 20 horas na Arena da Baixada. Segundo comunicado da entidade, a mudança segue o parágrafo 2º do artigo 13 do regulamento geral de competições, que a estabele que “quando a partida for adiada pela FPF ou pelo árbitro, conforme o estabelecido no neste artigo e no artigo 14, a partida ficará automaticamente marcada para o dia seguinte, no mesmo horário e local, salvo outra determinação da FPF”.
A decisão partiu do departamento de competições da FPF, o que afasta em definitivo qualquer hipótese de WO duplo para os times. No entanto, como a súmula ainda não foi publicada, o que acontecerá a seguir depende do TJD-PR, que irá analisar o relatório do árbitro sobre o cancelamento do jogo e julgar os envolvidos.
Atlético e Coritiba já confirmaram a intenção de realizar novamente a transmissão do jogo pela internet. A Federação, através do presidente Hélio Cury, garantiu em entrevistas que ela poderá ser feita, mediante credenciamento prévio dos envolvidos. Não há ainda nenhuma informação quanto aos ingressos da partida de domingo e como será o ressarcimento a quem compareceu no estádio.
Atlético e Coritiba se recusaram a jogar o clássico que estava marcado para domingo (dia 19) às 17 horas, na Arena da Baixada. Os dois clubes prepararam uma transmissão inédita do jogo, via Youtube e Facebook. Quando a bola foi rolar, às 17 horas, o árbitro Paulo Roberto Alves Jr afirmou que só começaria o jogo se a equipe de TV contratada por Atlético e Coritiba se retirasse do campo.
Os dois clubes se recusaram a retirar a equipe de reportagem. Depois de 15 minutos, os dois times foram para o vestiário. Segundo dirigentes dos dois clubes, o árbitro recebia ordens diretas do presidente da Federação Paranaense de Futebol (FPF), Helio Cury, para impedir a transmissão via internet. A FPF nega e afirma que o único problema foi a falta de credenciamento dos profissionais da equipe de TV. 
MATÉRIAS RELACIONADAS:
A bola não rolou no Atletiba.

Presidente da FPF dá sua versão sobre o cancelamento do jogo.

Quarto árbitro contradiz federação sobre Atletiba: equipe do Youtube 'não é a detentora do campeonato'.

Hélio Cury critica declaração de 4º árbitro no Atletiba; “não sei de onde ele tirou isso”.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário