domingo, 29 de janeiro de 2017

Clubes sem futebol feminino não poderão disputar a Libertadores a partir de 2019



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: BANDA B Imagem: Élio Kohut (Intervalo da Noticias)


A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) apresentou nesta quinta-feira (26) o novo regulamento de licenciamentos de clubes da entidade aos times de futebol do Brasil. Entre as principais exigências está a obrigatoriedade de uma equipe feminina disputando competições nacionais. Quem não atender à exigência, será proibido de disputar a Taça Libertadores a partir de 2019.
A medida já faz parte das exigências do regulamento de clubes da Conmebol e vetará da competição continental clubes brasileiros que não tiverem uma equipe feminina. Atualmente, dos 20 times que disputarão a Série A do Campeonato Brasileiro em 2017, apenas sete têm time feminino.
Mas essas não serão as únicas exigências. Além da equipe feminina, a Conmebol também fará exigências sobre profissionalização de dirigentes, gestão financeira e estrutura, bem como estádios e centro de treinamentos. Quem não cumprir as sanções, será excluído de competições realizadas pela entidade.
A partir de 2019, a CBF quer que os clubes da elite nacional tenham um investimento de 5% dos seus recursos utilizados para o futebol masculino em equipes femininas. 

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário