terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Vereador suspeito de assassinato é preso junto com outras três pessoas no MS



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: BANDA B Imagem: Divulgação


Quatro pessoas, entre elas um vereador, foram presas pela Polícia Civil de Bela Vista do Paraíso, no Norte do Paraná, na tarde do último sábado (17), suspeitas de matar Luiz Henrique dos Santos Ferraz, de 19 anos. O vereador, de 28, junto com os outros envolvidos de 40, 21 e 18 anos foram localizados na cidade de Iguatemi, no Mato Grosso do Sul (MS).
Um mandado de prisão preventiva contra os suspeitos foi expedido pela Justiça após uma sequência de diligências realizadas pela polícia da região. A ação também contou com o apoio da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul.
As investigações iniciaram no dia 12 deste mês, depois que os policiais foram avisados sobre o desaparecimento da vítima. Logo nas primeiras horas de apuração, a equipe policial constatou que Ferraz sumiu depois que foi espancado próximo a um posto de combustível em Bela Vista do Paraíso.
“A vítima conseguiu fugir dos agressores, mas foi perseguida pelo grupo onde foi novamente espancada e depois desapareceu”, conta o delegado responsável pelas investigações, Ricardo Jorge Rocha Pereira Filho.
Na sequência das investigações, a polícia conseguiu identificar os suspeitos, porém os envolvidos no crime já haviam fugido para a cidade de Campo Grande (MS). O corpo da vítima foi encontrado no Rio Vermelho, entre os municípios de Alvorada do Sul e Florestópolis, pela Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros de Bela Vista do Paraíso.
“Informações preliminares apontam que a morte da vítima teria ocorrido entre os dias 11 e 12 de dezembro, sendo provocada por um disparo de arma de fogo na lateral da cabeça. Ela também apresentava sinais de lesão corporal”, explica o delegado.
Com a localização da vítima e a identificação dos autores, a Polícia Civil iniciou um constante monitoramento. “Os suspeitos conseguiram fugir da cidade de Campo Grande (MS), mas as investigações continuaram e conseguimos encontrá-los em Iguatemi (MS)”, diz o delegado.
O jovem de 21 anos foi a primeira pessoa presa. Ele estava em uma residência no município de Iguatemi.
Segundo o delegado, a equipe policial recebeu informações de que os outros suspeitos estariam juntos em uma festa regional da cidade. “Nós cercamos o local e conseguimos prender outros dois envolvidos. Um dos suspeitos não estava no local, porém se apresentou posteriormente na delegacia da região e se juntou aos demais presos”.
No domingo (18), os suspeitos foram interrogados na cidade de Eldorado (MS), mas preferiram permanecer calados e só falar em juízo. Os quatro investigados continuam detidos na Delegacia de Mundo Novo (MS), aguardando transferência para para alguma unidade prisional do Paraná.
Todos os suspeitos responderão pelos crimes de sequestro, homicídio qualificado e ocultação de cadáver. As investigações continuam e o inquérito policial deve ser encaminhado à Justiça até o final desta semana.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário