quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Justiça manda prender vereador de Cuiabá suspeito de estuprar enteada



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: G1 Imagem: Thiago Cesar


O vereador de Cuiabá, Francisco Carlos Amorim Silveira, o Chico 2000 (PR), teve o mandado de prisão decretado pela Justiça, suspeito de abusar sexualmente da enteada de 11 anos de idade. O caso é investigado pelo delegado Eduardo Botelho, da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Cirança e do Adolescente (Deddica), e segue sob sigilo.
A reportagem ligou para o celular do parlamentar e também para o seu gabinete na Câmara Municipal, mas nenhuma ligação foi atendida.
Segundo a polícia, o vereador foi denunciado no dia 13 de outubro pelo estupro da enteada e a ordem de prisão foi decretada no último domingo (4). Nesta terça-feira (6), o político foi procurado em sua residência e na Câmara Municipal de Cuiabá, mas não foi localizado. De acordo com a Polícia Civil, o parlamentar é considerado foragido.
A vítima registrou um boletim de ocorrência contra o vereador na companhia de uma tia. A criança foi ouvida pela equipe multidisciplinar da Deddica, formada por psicólogos, assistentes sociais e pedagogos, assim como as pessoas que estariam presentes no local onde supostamente ocorreu o abuso.
Chico 2000 é advogado, está em seu segundo mandato como vereador de Cuiabá e, nas eleições deste ano, foi reeleito. Antes disso, o parlamentar já havia ocupado, por duas vezes, a suplência na casa. Na Câmara, o vereador ocupa, atualmente, o cargo de 1º secretário.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário