segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Facebook está enviando dinheiro para alguns usuários



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: OLHAR DIGITAL Imagem: Divulgação

Surpresa: o Facebook começou a distribuir dinheiro entre seus usuários! Começaram a surgir vários casos nas redes sociais de usuários recebendo um cheque da empresa no valor de US$ 15.
No entanto, a empresa não está fazendo isso por benevolência ou como um presente antecipado de Natal. O Facebook chegou a um acordo para encerrar uma ação coletiva contra o serviço, que usava o nome e as fotos dos usuários como forma de endossar anúncios que circulam na plataforma.
Foram mais de dois anos de discussão até que o acordo fosse finalmente fechado em 2013, e mais três anos para que os usuários começassem a receber o dinheiro da indenização. A justiça dos EUA aprovou a quantia de US$ 20 milhões para encerrar o assunto.
Deste valor, US$ 9 milhões foram destinados a pagar as vítimas do formato publicitário. O problema é que são muitas as pessoas com direito a receber uma fatia desta quantia. São estimados 614 mil usuários que tiveram sua imagem usada de forma indevida; daí o valor do cheque recebido de US$ 15.
O formato publicitário que causou o problema foi o “Sponsored Stories”. Eles apareciam no feed de notícias como se fossem publicações normais de usuários do Facebook, mas não eram nada além de anúncios. Isso dava a impressão de que a pessoa estava publicando o conteúdo, quando não era o caso.
O valor a ser recebido poderia ter sido muito maior, no entanto, já que a indenização está sendo paga com base em um acordo entre os envolvidos no processo. Se o Facebook tivesse sido julgado e condenado, o valor poderia ser de US$ 112 milhões, ou US$ 750 para cada afetado. No entanto, a acusação não conseguiu apresentar evidências o bastante para a condenação.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário