segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Chapecoense pagou por parada técnica, diz TV



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: YAHOO Imagem: Divulgação

As causas do trágico acidente envolvendo a delegação da Chapecoense ainda estão sendo investigadas, mas a maior suspeita é de que uma pane seca tenha derrubado a aeronave. E segundo a TV Bandeirantes, o contrato assinado pelo clube catarinense previa uma parada técnica no percurso entre Santa Cruz de La Sierra (BOL) e Medellín (COL).
A emissora de televisão alega ter tido obtido acesso ao documento, que é confidencial, com os detalhes do acordo feito entre a Chape e a LaMia, companhia aérea especializada em fretamento de aeronaves. Apesar do aparelho utilizado ter uma autonomia de 3 mil quilômetros, o piloto do avião decidiu não reabastecer durante um trajeto que possui 2.975 quilômetros.
Após chegar às proximidades do aeroporto de destino no período programado, o avião precisou aguardar o pouso de outra que já havia pedido preferência e acabou tendo uma pane elétrica. Na queda, 71 pessoas morreram.
De acordo com o a TV Band, metade do valor acordo entre as parte foi paga antes da viagem e a outra metade seria quitada após a volta à Chapecó. O custo total do traslado seria de US$ 130 mil (cerca de R$ 450 mil). 
MATÉRIAS RELACIONADAS: 
Avião que transportava delegação da Chapecoense sofre acidente na Colômbia.
 
"Aeronave reportou falhas elétricas", diz comunicado do aeroporto da Colômbia.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Controladora de voo que conversou com piloto antes do avião da Chape cair faz desabafo.

Anac revela que a companhia aérea LaMia teve quatro voos negados no Brasil.

LaMia fez quatro voos no limite da capacidade nos últimos seis meses.

Sem receber vaias nem aplausos, Temer não faz pronunciamento durante velório.

Chapecoense será declarada campeã da Sul-Americana e receberá 2 milhões de dólares.

Anjo? Pai diz que filho é herói e explica sumiço após garoto salvar atletas.

Chape é declarada campeã e garante ao menos US$ 4,8 mi em premiações.

Lamia emite nota uma semana após tragédia: “Buscamos o bem-estar dos afetados”.

Com trauma no pulmão, Neto não apresenta evolução e está em estado muito crítico.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário