sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Babá que decapitou menina de 4 anos na Rússia não irá para a prisão



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: JORNAL EXTRA Imagem: Divulgação


A babá que causou pânico em Moscou, em fevereiro deste ano, ao fazer ameaças terroristas enquanto carregava a cabeça de uma menina de 4 anos nas mãos, não irá para a prisão porque tem problemas psiquiátricos. Gulchejra Bobokulova, de 39 anos, está internada num hospital psiquiátrico e poderá ser julgada se os médicos acharem que ela está bem.
Gulchejra Bobokulova, que é do Uzbequistão, disse que “Alá mandou” ela matar a criança. E também afirmou ter matado a menina para vingar os muçulmanos mortos pela campanha de ataques aéreos do Kremlin na Síria. Ela matou a menina num apartamento e saiu pelas ruas com a cabeça ensanguentada da criança enquanto ameaçava se explodir.
Segundo o jornal “The Sun”, o tribunal decidiu liberar Bobokulova do processo criminal e submetê-la a medidas médicas obrigatórias. Em uma mensagem do tribunal para a mãe da criança, a babá disse: “Perdoe-me, Katya. Eu estou gravemente doente”.
A mulher, que tem três filhos, se mudou do Uzbequistão para a Rússia para trabalhar como babá. Segundo testemunhas contaram para a imprensa russa, ela teria se radicalizado durante uma viagem recente ao país. Gulchekhra era babá da menina Anastasia Meshcheryakov, de 4 anos, e teria decapitado a criança e colocado fogo no apartamento após os pais dela e o irmão de 15 anos deixarem o local.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário