quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Após desmaiar de calor, cão que fugiu no Natal é devolvido a menino



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: G1 Imagem: Divulgação


O cão que foi encontrado desmaiado na terça-feira (27) e reanimado por um policial em Joinville, no Norte catarinense, foi devolvido pela Polícia Militar aos donos nesta quinta-feira (29). Segundo a dona do cachoro, Jhorge fugiu no domingo de Natal.
Segundo a Central de Meteorologia da RBS, na tarde de terça, os termômetros da cidade marcaram 39,2°, mas a sensação térmica era de 48°C.
"Nós somos de Jaraguá do Sul e viemos passar o Natal na casa do meu sogro, em Joinville. No Natal, meu marido bateu de ré no portão da casa do meu sogro, que ficou aberta. Daí ele [o cachorro] acabou saindo da coleira no pátio e fugiu", conta Valcirene Nascimento.
O cão Jhorge tem seis meses e foi um presente para Emanuel Vinicius, de 3 anos. "Meu filho chegou a ter febre com o desaparecimento do Jhorge. A gente procurou ele por todo o canto, meu marido de carro e eu a pé pelo bairro [Aventureiro]", disse Valcirene.
No dia seguinte, a família voltou para Jaraguá do Sul. Já em casa, a cunhada de Valcirene avisou que tinha visto o cachorro nas redes sociais. "Minha cunhada, que está em Lages, me avisou e eu olhei a matéria no G1. Daí já entramos em contato com a Polícia Militar", afirmou.
Jhorge havia sido entregue a uma família provisória pela PM. Ao batalhão dos policiais, Valcirene informou que era dona do cachorro e mandou fotos comprovando. Na manhã desta quinta, eles saíram de Jaraguá para o reencontro.
"No caminho, nosso carro quebrou. Tivemos que chamar um guincho e meu marido ficou providenciando a liberação do carro. Eu e meu filho fomos de carona com a Polícia Militar para reencontrar o cachorro", lembra a proprietária.
'Ele pulava'
No batalhão da PM, o reencontro foi de muita felicidade. "O cachorro se jogou na gente. Ele pulava, a gente o abraçava, beijava. Meu filho ficou em choque, agarrou. Não larga mais o cachorro", disse Valcirene.
Na tarde desta quinta, a família permanecia na casa do sogro em Joinville, com Jhorge. Eles aguardam o conserto do carro para voltar a Jaraguá do Sul. "Nós seremos eternamente gratos à polícia por ter cuidado dele", completou Valcirene.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário