segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Mulher esquartejada no Centro Cívico escolheu como seria morta



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: BANDA B Imagem: Divulgação

Julia Alvarenga Fornimazo, de 37 anos, escolheu como morreria assassinada dentro de um apartamento no bairro Centro Cívico, em Curitiba, no início deste mês. Os autores do crime, presos no último fim de semana, mataram Julia depois de ela  supostamente ter furtado drogas de dentro do imóvel usado para o tráfico de drogas na região.
As informações foram confirmadas na manhã desta quarta-feira (16) pela delegada Sabina Alexandrino, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). “Conseguimos por imagens ver que o corpo foi retirado de um edifício no Centro Cívico. Foram feitas conversas com vizinho e houve o relato de uma movimentação de tráfico de drogas em um apartamento. Quando a polícia foi ao local, um dos moradores jogou drogas pela janela e fugiu da abordagem policial”, descreveu à Banda B.
O suspeito que fugiu era André Oliveira da Silva Santos. Ao lado de Renan Fonseca da Cunha, ele matou Julia depois da subtração de drogas no apartamento em que era inquilino e usava para fazer a distribuição de drogas aos pequenos traficantes da região.
“A vítima dormiu no apartamento e subtraiu drogas, passando a vender pelas ruas, o que deixou os traficantes enfurecidos. Eles foram atrás dela e a fizeram ir até o apartamento, onde pediram para ela confessar a subtração, o que não foi feito. Então decidiram matar e ainda a deixaram escolher como morreria, se baleada, esfaqueada ou asfixiada. Os dois usaram o cabo de um computador para asfixiá-la”, explicou a delegada.
Para se livrar do corpo, André e Renan contaram com a ajuda dos dois moradores de rua, que carregaram o corpo até o córrego na Rua Aristides Teixeira. “Consideramos o caso esclarecido, com base no que foi apurado e no depoimento de testemunhas. A investigação agora será levada ao Sistema Judiciário. Os envolvidos permanecem presos”, concluiu.
Os dois presos foram detidos com a ajuda da Guarda Municipal de Curitiba. Eles tinham várias passagens pela polícia e se preparavam para deixar a capital.
MATÉRIAS COMPLETAS:
Suspeitos de terem esquartejado mulher em Curitiba são flagrados em vídeo.

Polícia identifica mulher esquartejada em Curitiba.

Presos suspeitos de esquartejar mulher em Curitiba; crime é esclarecido pela DHPP.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário