sábado, 19 de novembro de 2016

Mulher admite erro após confundir logo japonês com nova bandeira do Brasil



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: JORNAL EXTRA Imagem: Divulgação


Para defender o golpe militar, chamado por eles de "intervenção", um grupo de aproximadamente 500 pessoas ocupou o plenário da Câmara dos Deputados, na noite de quarta-feira. Entre os manifestantes estava Rosangela Elisabeth Muller, que chamou a atenção nas redes sociais ao publicar um vídeo em que aparece questionando o que seria a “nova” bandeira nacional.
“Estamos no Congresso Nacional e nos deparamos com uma cena nojenta. Reparem aqui: a nossa bandeira tem um símbolo vermelho comunista. Veja aqui o que está acontecendo. Será essa a nova bandeira do Brasil?”, diz Rosangela enquanto mostra, na verdade, o logo escolhido para celebrar o primeiro centenário da imigração japonesa no Brasil. A frase virou um mico, e a internet não perdoou.
Rosangela afirma que foi tomada por um sentimento de que ali, no Congresso, poderia haver uma desconstrução da bandeira.
"(...) Existem projetos decisivos de mudar nossa bandeira. Também lembrando que o presidente do Comitê Olímpico Internacional também se referiu à nossa bandeira como verde e vermelha. Mas, enfim, tomados por este sentimento, teve esse equívoco com a bandeira do Japão", confessou Rosangela. 
MATÉRIA RELACIONADA:
Manifestante que pede intervenção militar confunde bandeira do Japão com nova bandeira comunista do Brasil.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário