terça-feira, 15 de novembro de 2016

Entidades realizam 1º Seminário ‘Agrotóxicos e Câncer’, em Prudentópolis



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: RÁDIO NAJUÁ Imagem: Élio Kohut (Intervalo da Noticias)

O Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional de Prudentópolis (COMSEA) e o Instituto Guardiões da Natureza (IGN) promovem na sexta-feira da próxima semana, dia 25, o 1º Seminário Agrotóxico e Câncer. O evento conta também com o apoio da Associação de Agricultura Sustentável de Prudentópolis e Região (AASPRUD).
O tema do seminário foi escolhido em razão da alta incidência de câncer entre os moradores de Prudentópolis e da crescente adoção do uso de agrotóxicos nas lavouras, de acordo com a presidente do ING, Vânia Mara Moreira dos Santos. A ideia foi levada até o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional (COMSEA), para que se promovesse um debate a fim de discutir a relação entre o uso de agrotóxicos e a incidência de câncer. Entre os 20 municípios da 5ª Regional de Saúde, Prudentópolis é o que mais encaminha pacientes oncológicos para tratamento.
“Não temos, com a questão do agrotóxico, somente o câncer. Temos também outras questões, que também vão ser demonstradas durante nosso evento, que vão indicar que existem outros problemas, como perda de audição, problemas neurológicos, depressão e até suicídios estão relacionados com agrotóxicos. Além de ser o município que mais tem pacientes com câncer, Prudentópolis é o município que tem o maior índice de intoxicações por agrotóxicos na Regional [de Saúde] de Guarapuava e que tem o maior índice de suicídio entre agricultores, também na Regional de Guarapuava”, enumera Vânia. MATÉRIA COMPLETA.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário