sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Alta do dólar perde força após pedido de demissão de Geddel



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: G1 Imagem: Divulgação


O dólar reduziu o ritmo de alta em relação ao real nesta sexta-feira (25) após o ministro da Secretaria de Governo Geddel Vedeira Lima pedir demissão do cargo. Mais cedo, a moeda chegou a subir mais de 2% diante do noticiário político conturbado, depois que o presidente Michel Temer foi citado em depoimento à Policia Federal pelo ex-ministro Marcelo Calero.
Às 16h39, a moeda norte-americana subia 0,5%, cotada a R$ 3,4108, depois de bater R$ 3,4694 na máxima do dia, com valorização de 2,22%. Veja a cotação do dólar hoje.
Acompanhe a cotação ao longo do dia:
Às 9h09, alta de 0,919%, a R$ 3,4251
Às 9h30, alta de 1,59%, a R$ 3,448
Às 9h39, alta de 1,98%, a R$ 3,461
Às 10h19, alta de 1,27%, a R$ 3,437
Às 11h09, alta de 1,05%, a R$ 3,4296
Às 11h49, alta de 1,05%, a R$ 3,4296
Às 12h20, alta de 0,95%, a R$ 3,419
Às 13h59, alta de 0,72%, a R$ 3,4184

Às 14h29, alta de 0,65%, a R$ 3,4161
Às 15h09, alta de 0,9%, a R$ 3,4244
Às 16h09, alta de 0,67%, a R$ 3,4167
.
"Está havendo uma crise política que, caso se alastre, vai dificultar a aprovação de reformas, o que pega no mercado", comentou à Reuters o operador da Ouro Minas Corretora, Maurício Gaioti.
A delação premiada de executivos da Odebrecht também era citada nas mesas de operação como foco de preocupação.
Interferência do BC no câmbio
No último dia 11, quando o dólar encostou em R$ 3,40, o BC fez dois leilões de swaps tradicionais - equivalente à venda futura de moeda - tanto para rolagem quando para colocar novos contratos no mercado. O BC esteve fora nos últimos dois pregões e tem avisado que atua para corrigir distorções do mercado, estouro da volatilidade.
MATÉRIAS RELACIONADAS:


 
 Aécio e FHC criticam Calero por ter gravado conversa com Temer.

 
 
 
OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário