terça-feira, 26 de julho de 2016

Mãe e padrasto são presos por abuso sexual do filho de um ano



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: TN ONLINE Imagem: Divulgação


Uma situação de abuso sexual de uma criança de um ano no âmbito familiar levou às lágrimas policiais da delegacia de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Um caminhoneiro de 41 anos e uma dona de casa de 29 foram presos sob acusação de abusar sexualmente de um bebê de um ano. Na moradia, os policiais localizaram 43 vídeos gravados em celular com imagens dos abusos, consumados na maioria das vezes pela mãe. Os policiais foram às lágrimas ao ver as imagens que, de acordo a mãe do menino, eram feitas por ordem do padrasto da criança. O bebê foi encaminhado a um abrigo de menores e passa bem.
Policiais relataram que o caso veio à tona após a mãe da criança procurar um delegado na cidade de Roncador, no centro-Norte do Paraná, onde estava em viagem com o marido. Após receber orientação de familiares, a mulher ligou para o delegado da cidade e contou o que estaria ocorrendo. Ela falou que iria à delegacia de Roncador registrar o Boletim de Ocorrência, mas não o fez.  Com as informações repassadas pelo companheira do caminhoneiro, a polícia começou a realizar diligências e localizou a moradia do casal em São José dos Pinhais, na região metropolitana. Os dois foram presos em flagrante e na casa policiais apreenderam 43 vídeos com imagens tétricas da mãe abusando sexualmente do próprio filho de um ano.
A mulher contou à polícia que era obrigada pelo marido a mandar as imagens para ele, pelo celular, com os abusos. O caminhoneiro exigia isso, conforme a mãe do menino, e a ameaçava de morte. Investigadores acrescentaram que além do abusar do enteado, o marido também obrigava a mulher a se prostituir. Ele fazia com que a mãe do menininho telefonasse para ele de dentro de motéis com os clientes para que ele ouvisse tudo que acontecia. Quando estava próximo, o marido a obrigava a repetir com ele o que fazia com os clientes e também ficava com o dinheiro pago pelos programas. O casal foi preso e está detido em presídios do complexo de Piraquara. O bebê passa bem e está em um abrigo.
COMOÇÃO
Policiais de São José dos Pinhais choraram ao assistir os vídeos do abusos sofridos pelo bebê. Investigadores apuraram que o caminhoneiro também é acusado de ter obrigado a ex-mulher, com a qual viveu durante 17 anos, a se prostituir no passado.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário