quinta-feira, 26 de maio de 2016

Vereador é preso por ameaçar testemunha de processo no PR



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: O BEM DITO Imagem: Divulgação


O vereador de Terra Roxa, Edegar Finatto (PMDB), foi preso preventivamente na terça-feira (24). O pedido de prisão foi feito pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR), pois, segundo o órgão, o parlamentar estaria ameaçando uma testemunha de um processo em que ele é réu.
De acordo com o MP-PR, o vereador responde a processo por ter exigido propina de um empresário em uma licitação. Finatto foi preso em frente à casa dele no fim da tarde de terça-feira.
O advogado de Finatto, Epaminondas Caetano Júnior, disse ao G1 que entrará com um pedido de liberdade provisória ainda nesta quarta-feira (25). Para sustentar o pedido, o advogado afirma que a ameaça não foi comprovada pela promotoria.
"O pedido de prisão foi baseado na documentação reunida pelo Ministério Público ainda em 2015, não há comprovação de que o meu cliente ameaçou a testemunha", enfatiza Epaminondas Caetano Júnior.
A prisão do vereador ainda será analisada pela Câmara de Vereadores nos próximos dias. Segundo o presidente Genivaldo Magnoni Bortoli (PSDB),  os vereadores devem decidir se abrem uma Comissão Processante contra Finatto na próxima reunião.
"Antes dele ser preso, já tínhamos nos reunido para definirmos se montávamos essa comissão, pois houve quebra de decoro parlamentar. Mas, cinco vereadores não aprovaram a abertura. Agora, como ele foi preso, devemos rediscutir esse assunto na sexta ou na segunda-feira", declarou o presidente da Câmara.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário