domingo, 29 de novembro de 2015

Casal de idosos é assassinado em BH e filha e namorado são os principais suspeitos



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: RÁDIO ITATIAIA Imagem: Oswaldo Diniz (Itatiaia)


A polícia procura pelo casal suspeito da morte de dois idosos assassinados a facadas na manhã desta sexta-feira, no Bairro Nova Vista, na Região Leste de Belo Horizonte. As vítimas são Acísio Francisco Teixeira e Arlinda Terezinha Teixeira, ambos de 83 anos, e que estavam casados há mais de 60. Eles foram esfaqueados na casa onde moravam, na Rua Cândido Siqueira.
Os principais suspeitos do crime são a filha do casal, Rosana Teixeira, de 51 anos, e o namorado dela, identificado apenas como Claudinei, de 47.
Eles tinham o costume de se hospedar no imóvel dos idosos, o que não era bem visto pelos familiares, pois todos desconfiavam que Claudinei estaria interessado em cerca de R$ 3 mil que Acísio guardava em casa, fruto do aluguel de uma loja e de um terreno que serve como estacionamento.
Os autores ainda tentaram incendiar a residência, mas não conseguiram. Bisneto dos idosos, um garoto de 7 anos se escondeu para que não fosse mais uma vítima.
"Ele estava no quarto assistindo TV e escutou um barulho. Saiu para ver o que estava acontecendo, viu eles passando com a faca na mão e escondeu. Na hora que ele correu, viu o avô deitado no chão, cheio de sangue, e a avó no quarto, com a cama pegando fogo", relata o pai do menino. "Nisso, ele saiu correndo pedindo socorro, até um pessoal chegar e arrombar a porta."
Os parentes dos idosos são unânimes em dizer que o dinheiro guardado na casa era a intenção do casal suspeito, o que poderia configurar latrocínio - roubo seguido de morte. A hipótese não é descartada pela Polícia Militar. "A perícia é que vai constatar essa questão", afirmou o tenente-coronel Mauro Lúcio Honorato, comandante do 61º Batalhão.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário