quarta-feira, 29 de julho de 2015

Mulher corta o pênis do marido e invade hospital para decepá-lo outra vez após órgão ser reimplantado



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: R7 Imagem: Divulgação

A chinesa Feng Lung, de 30 anos, descobriu que seu marido a estava traindo. Viu mensagens trocadas entre ele e a amante ao fuçar o celular que pertencia a Feng. Sim, o marido, Fan Lung, de 32, usou o telefone da mulher para conversar com a "outra". Achou que tinha saído do chat, mas não. A mulher dele, Feng, viu toda a troca de mensagens, que incluíam juras de amor. Feng, furiosa, decidiu partir para cima do marido enquanto ele estava dormindo. Tinha uma tesoura na mão e cortou o órgão genital dele. Mas essa agressão radical não parou por aí.
Feng foi internado e quase morreu de hemorragia, de acordo com informações do jornal Daily Mail.
Fan teve o membro costurado e reimplantado na mesma noite. Zhang Hung, 21, a amante com quem Fan tinha trocado mensagens no celular, chegou a visitá-lo no hospital.
Mas a mulher, quando soube que o marido teve o pênis costurado e recebeu a visita da amante, ficou tomada de ódio e fúria. Decidiu agredi-lo outra vez. Ou melhor, resolveu cortar o membro dele mais uma vez.
Com a mesma tesoura usada no primeiro corte, Feng invadiu o hospital.
Fan estava dormindo quando, novamente, a mulher cortou o pênis dele. Essas imagens, tiradas de um vídeo feito por uma testemunha, mostram o marido, pelado, e com lençóis do hospital, correndo atrás da mulher após ter o pênis cortado. Foi uma cena curiosa: a agressora saiu correndo com o pênis cortado do cara na mão.
Ela jogou o pênis pela janela do hospital. Mesmo sangrando muito no meio das pernas, o marido, de acordo com informações do jornal Daily Mail, saiu do prédio para brigar com a mulher no meio da rua.
Chegou a desferir golpes contra a cabeça dela, até cair no chão, desmaiado.
Quando a polícia apareceu, teve de levá-lo para o hospital. Os policiais ficaram horas procurando o membro do sujeito. Não encontraram. Eles acreditam que cães que rondam o hospital podem ter devorado o pênis.
Os médicos disseram que ele ficou "emocionalmente perturbado" e por isso ficou em observação no hospital. A mulher oi presa por lesões corporais graves. O marido, que é pai de cinco filhos, vai casar com a amante. "Eu ainda o amo. Ele não perdeu a virilidade", garantiu.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário