terça-feira, 31 de março de 2015

Universidades estaduais podem voltar a greve



By: INTERVALO DA NOTICIAS


Os comandos de greve das  Instituições Estaduais do Ensino Superior (IEES) do Paraná vem estudando a possibilidade de retomar a paralisação nas universidades. A chance da greve ser retomada  surgiu após a quebra de uma das cláusulas do acordo firmado entre as instituições e o Governo Estadual, que previa, entre outras coisas, que nenhuma nova alteração seria feita no Paraná Previdência (veja o acordo aqui). O caso acontece poucas semanas depois dos sindicatos grevistas terem encerrado uma paralisação com mais de 30 dias.
Indo na contra mão do compromisso, porém, o governador Beto Richa (PSDB) encaminhou na última quinta feira (26) o anteprojeto que propõe transferir servidores do Fundo Financeiro para o Fundo Previdenciário que tenham ingressado após 31/12/2003 e também aqueles que contarem com idade igual ou superior a 73 anos. De acordo com informações publicadas no site do Sindicato dos Docentes da Unicentro (Adunicentro), esta nova segregação atingirá, aproximadamente, 33 mil servidores e pode fazer que o Estado deixe de depositar uma quantia em torno de R$ 143 milhões.
Segundo o presidente do Adunicentro, Denny Willian da Silva, uma assembleia dos docentes está sendo organizada para que o caso seja analisado. A reunião deve acontecer na próxima semana.
"Os sindicatos de todas as universidades estaduais se reuniram na semana passada em Cascavel para debater a questão e tomar conhecimento sobre o que exatamente essa nova proposta pode nos influenciar. Agora, as universidades devem começar a convocar as assembleias".
A reportagem procurou o Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Superior da Unicentro (Sintesu) para saber o posicionamento frente ao caso, mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria.
INFORME CONJUNTO
Os comandos de greve das universidades estaduais já emitiram uma nota sobre o caso, onde explicam em que pontos podem ser afetados pela nova manobra do governo sobre o Paraná Previdência. Para acessá-la, clique aqui.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário