sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Morador de Prudentópolis tem dois filhos brilhando no Futsal da Itália



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Marcelo Santos (Portal de Marcelino) Imagem: Portal de Marcelino

O Portal de Marcelino decolou nesta quinta-feira (31) para uma viagem virtual até o Paraná aterrissando especificamente no município de Prudentópolis na região de Guarapuava. Desta vez nossa missão foi localizar um ex-morador de Marcelino Ramos que tem seu nome gravado na história esportiva da nossa cidade. Um homem que desenvolvia um importante trabalho social com crianças e adolescentes e que foi o responsável por revelar atletas talentosos que passaram por importantes clubes de futsal do Brasil, como é o caso dos irmãos Jorginho e Ciro. Trata-se de Dorival Antônio Urio, ou carinhosamente conhecido pelos amigos como “Catarina” ou “Cata”.
O ex-morador de Marcelino, hoje com 73 anos, chegou no município em 1980 vindo de Getúlio Vargas. De início se aventurou pelo ramo do comércio criando a “Casa Catarinense”, que funcionava no prédio onde hoje está a Farmácia do Tyle, e mais tarde a “Marlons Pizzaria”, localizada no prédio ao lado do Supermercado Mapik. Em razão do seu carisma, logo criou um grande círculo de amizades e em seguida criou a “Escolinha de Futsal Marcelinense” por onde passaram muitos craques. “No auge nós chegamos a ter 150 crianças participando de nosso projeto” relembrou Catarina. A Escolinha funcionou por 15 anos e em razão de divergências com o poder público o projeto acabou sendo abortado.
 Além da Escolinha, Catarina comandou o Inca e o Greminho, conquistando vários campeonatos regionais. Um dos campeonatos que ficou gravado em sua memória foi a Taça Rádio Rural. Na disputa final realizada em Seara o ex-atleta Baroni, que tinha um tiro certeiro e que causava pânico aos goleiros, marcou 17 gols. “Todo mundo passava a bola pra ele e ele convertia”.
 Mas o golpe final, que o levou a ir embora de Marcelino, foi crise econômica na década de 90 que provocou o fechamento de inúmeras empresas, entre elas a Casa Catarinense. Em 1997, o comerciante e desportista mudou-se para Chapecó e anos depois para Prudentópolis (PR) onde reside atualmente. A Paixão pelo Futsal fez com que os dois talentosos filhos, que nasceram em Marcelino, se tornassem estrelas da bola pesada. Marlon Urio, 33 anos, mora há 10 anos na Itália onde disputa a divisão A. O irmão, Fabrício Urio, 24 anos, também joga na Itália, inclusive fazendo parte da Seleção Italiana de Futsal.
 Durante contato com o Portal de Marcelino, Catarina revelou que apesar de algumas decepções que teve na cidade na época, ainda sonha em voltar a morar em Marcelino Ramos. “Eu ainda vou voltar morar ai, vou ver uma casa e voltar para esta cidade onde tenho muitos amigos” destacou ele.
 Tabelando pelas quadras da vida, o ex-marcelinense chegou aos 73 anos com memórias de Marcelino de uma época que deixou saudade e muitos amigos. Esta conexão proporcionada pelo Portal de Marcelino, entre a comunidade e o ex-marcelinense, através desta viagem virtual, serve para revelar que quem “bebe” da água do rio Uruguai jamais se esquecerá do sabor, pois ele é único. Dorival Antônio Urio tem seu nome gravado na história do município e esse momento ninguém apagará.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário