quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Homem é preso acusado de estupro de criança de 04 anos



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Combate Policial Imagem: Divulgação

Um vendedor ambulante foi preso, por volta de meio-dia de ontem, nas dependências de uma barraca, na Praia do Futuro, depois de ter molestado uma criança de 4 anos. De acordo com a Polícia, a menina estava acompanhada de familiares, que são do Rio de Janeiro, e estavam de férias em Fortaleza.
Aleksandro Alves de Oliveira, 26, vendia óculos de sol na praia, quando abordou a criança. Ele fugiu do local, mas foi encontrado por PMs do BPTur
Conforme os PMs que atenderam à a ocorrência, Aleksandro Alves de Oliveira, 26, vendia óculos de sol, quando abordou a criança. A mãe estava de costas e não viu que ele tocou as partes íntimas da menina. Porém, no momento em que o vendedor se afastou, a vítima contou à mãe o que tinha acontecido.
A mulher saiu à procura da Polícia e encontrou uma patrulha do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), na Avenida Zezé Diogo. Os PMs iniciaram uma busca e encontraram o suposto estuprador lanchando.
Ele foi conduzido à Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa), onde foi ouvido pela delegada, Ivana Timbó. A responsável pela Especializada disse que Oliveira será autuado por estupro de vulnerável. "Diante do depoimento contundente da criança, ele será autuado e responderá pelo crime", afirmou Ivana.
Outra vítima
A mãe de uma menina, de 5 anos, que também teria sido vítima de Aleksandro Oliveira, foi à delegacia para formalizar sua denúncia. Segundo ela, que não será identificada para que a criança seja preservada, o procedimento policial não foi feito porque o vendedor é seu parente.
"Há cinco meses, ele dormiu na minha casa, porque é da família, e se aproveitou da criança. Dei uma chance, porque ele prometeu que iria se tratar, mas agora fez novamente. Vim aqui porque não quero que mais crianças sejam vítimas", disse a mãe. Ivana Timbó afirmou que as denúncias serão apuradas e, caso sejam confirmadas, o responsável será punido por cada uma.
Na última quarta-feira, dia 22, um empresário foi preso, suspeito de abusar de seis crianças, que moravam no mesmo condomínio que ele. O homem, que foi capturado na clínica de reabilitação onde estava internado, foi transferido, anteontem, para um presídio, em Itaitinga.




OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário