sexta-feira, 21 de junho de 2013

Rodovias em Prudentópolis, Rebouças, Imbituva e Irati tem pontos de alagamentos


By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Rodrigo Zub (Rádio Najuá) Imagem: Rodrigo Zub e Jô Claret

O acúmulo de água em razão das chuvas que atingiram o Estado desde a manhã de quinta-feira, 20, fez os rios transbordarem e causou o deslizamento de terra em estradas federais e estaduais do Paraná.
A BR-153 está com as duas faixas interrompidas no sentido Rebouças-Irati, em pelo menos dois trechos desde a manhã desta sexta-feira, 21, por causa do acúmulo de água ocasionado pelo transbordamento do Rio Potinga. Na manhã de hoje, conforme a equipe da Najuá acompanhou, filas de carros se formaram na pista devido ao bloqueio do trânsito. As alternativas para quem precisa se deslocar para Rio Azul, Rebouças, Mallet e outros municípios da região, é trafegar por rotas alternativas ou estradas vicinais para prosseguir a viagem.
Apesar do risco de aquaplanar ou de provocar um acidente alguns motoristas se arriscam enfrentando a correnteza do Rio Potinga, que se mantém com uma camada de 50 cm de água sobre a rodovia. A orientação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) é evitar o deslocamento neste trecho da rodovia até que o nível da água baixe.
Uma rota alternativa para os condutores que seguem pela BR-153 é a BR-476- sentido São Mateus do Sul ou a PR-364, na região do Marmeleiro, na divisa entre Irati e Rebouças.
Rodovias estaduais
A PR-160, em Prudentópolis, também está interditada em função do alagamento da pista no km 383. Veículos de pequeno porte estão impossibilitados de trafegar pelo local. Outra rodovia estadual que está com o trânsito bloqueado é a PR-364, nas proximidades de Inácio Martins. A pista está bloqueada no km 97 na localidade de Rio Preto e próximo ao distrito do Guará, em Guarapuava.
Situação em Prudentópolis e Guarapuava
De acordo com informações da PRF, a situação mais crítica até o momento, ocorre na BR-277, em Prudentópolis, e na BR-153, na região de Imbituva. O trânsito nos quilômetros 306 e 307, em ambos os sentidos da BR-277, segue no sistema pare e siga. Nas proximidades da Serra da Esperança, em Guarapuava, houve um deslizamento de terra, que provocou a interdição das duas pistas. O trânsito só foi liberado por volta das 11h. Um grande congestionamento tomou conta da rodovia. Segundo informações da Caminhos do Paraná, concessionária que administra a BR-277, em Guarapuava, a fila de carros chegava há 5 km na rodovia. De acordo com a concessionária em caso de novos desmoronamentos a pista será interditada.
Imbituva
Ainda em Imbituva, no entroncamento entre as BRs-153 e 373, um rio transbordou e interditou a passagem dos veículos. A alternativa para quem segue por este trecho da rodovia é desviar pela localidade Mato Branco, interior de Imbituva, sentido Ivaí.
Nem mesmo veículos altos, como caminhões e ônibus, passam pelo local. Neste ponto, também não há previsão para liberação.
Foto da estrada que vai ao Inspetor Carvalho:

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário