Radio Najua

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Madrasta esfaqueia suas enteadas por ciúme do marido em Ponta Grossa



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Radio Banda B Imagem: Sassá (Radio Difusora)


Um crime chocou os moradores do Jardim Los Angeles em Ponta Grossa, no último sábado (8) à tarde. Duas meninas, uma de cinco e outra de dez anos, foram esfaqueadas pela madrasta. Uma das meninas morreu após receber alta do hospital, a outra permanece internada. Edilma de Oliveira Ribas, 45 anos, disse que o crime teria sido motivado por ciúmes do marido, já que o mesmo dava uma maior atenção às filhas. As informações são do blog do Willian Batista, repórter da Rádio Difusora de Ponta Grossa.
Nos fins de semana as meninas, que residem com a mãe, iam visitar o pai no Jardim Los Angeles. O pai das menores ligou para a mãe das garotas para organizar a vinda das filhas, sendo que as mesmas viriam ao encontro do pai sozinhas, dentro de um ônibus do transporte coletivo.
Por volta das 10h, a madrasta premeditando o crime, foi ao encontro das meninas antes do pai e pegou-as de dentro do ônibus, com o argumento de que iria fazer um passeio com elas. Edilma levou as garotas para um matagal, localizado na Rua Expedicionário Eloy Schimidt no Jardim Los Angeles, onde cometeu uma série de agressões contra as meninas, por conta de ciúmes do marido. As duas garotas receberam facadas no pescoço e demais partes corpo. Mesmo ferida, Larissa Rodrigues do Santos, 10 anos, conseguiu fugir e pediu socorro para um segurança de uma empresa próxima ao ocorrido.
Homens do Corpo de Bombeiros foram ao local, juntamente com a Policia Militar. As vítimas foram levadas ao hospital, sendo que a autora do crime havia fugido.
Na tarde do ultimo domingo, 9, Edilma de Oliveira Ribas foi localizada pela policia. Em depoimento, a mulher disse que fugiu e ficou escondida na casa do irmão. Ainda no período da tarde de domingo, a menina de 10 anos, que havia recebido alta do hospital Santa Casa de Misericórdia, morreu após sofrer uma parada cardíaca. O estado de saúde da outra garota de cinco anos é considerado grave. Ela permanece internada no Hospital Bom Jesus em Ponta Grossa.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário