terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

EMPRESÁRIOS SÃO MORTOS E SÃO TRANSPORTADOS POR VÁRIAS HORAS NO PROPRIO VEICULO

No início da madrugada desta terça-feira (28), dois corpos identificados inicialmente como sendo Jair Silva e Rodrigo Federhen, foram encontrados no bagageiro de um veículo Fiat Doblô, com placas de Curitiba, no bairro Maria Luiza, em Cascavel. As vítimas estavam enroladas em um cobertor e feridas com vários golpes de faca. Socorristas do Siate acompanhados do médico foram ao local, mas apenas constataram as mortes. Os corpos estavam sendo transportados pelos criminosos para serem desovados, porém os acusados foram presos em flagrante. Toda a trama foi descoberta depois que os amigos das vítimas procuraram por eles, dizendo que estavam desaparecidos desde o meio dia. Jair estaria vendendo uma casa para os supostos criminosos, que residiam na rua Édson Beller de Oliveira, cruzamento com a rua das Praçinhas. No período da tarde, ele faria a transferência do imóvel, portanto Jair e Rodrigo, que estavam juntos fazendo a negociação, não foram mais vistos. Já era madrugada quando os amigos decidiram ir até a casa em que residiam os compradores. Ao chegar no local, perceberam a Doblô saindo da garagem do sobrado. Desconfiados eles tentaram identificar os motoristas, foi quando perceberam que eram pessoas desconhecidas. Dessa maneira eles barraram o carro. Com o auxílio da Polícia Civil condutor e passageiro da Doblô foram presos no local. A trama criminosa envolve também uma mulher identificada como sendo Andrea Dias, 31 anos, esposa de um dos acusados. No início da tarde de segunda-feira, Andrea Dias, que estava no sobrado, chamou o Siate, pois teria sido ferida com golpes de faca pelo ex-marido. No entanto, apesar de ela estar ferida, tudo não passou de uma armação, para despistar a polícia. A casa em que o crime ocorreu estava toda revirada. Os criminosos lavaram a residência para tentar limpar o sangue, mas segundo policiais militares foram encontrados vestígios do crime por toda a parte. A Polícia Civil ainda busca informações sobre o caso e não se pronunciou. Ela aguarda ouvir testemunhas e os acusados para esclarecer como tudo aconteceu. Até o fim da madrugada de hoje (28) uma quarta pessoa, que também era amigo das vítimas, estava sendo interrogada. Na manhã desta terça-feira a polícia deverá apresentar os presos à imprensa. Jair e Rodrigo tinham uma produtora de vídeo e produziam material para uma feira de automóveis (Feirauto). Eles residiam em Curitiba. A residência que estava á venda fica em um condomínio fechado no Jardim Gramado, em Cascavel, e está avaliada em cerca de R$ 300 mil. Após periciados, os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal.


By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Portal Rondon  Imagem: Catve

Nenhum comentário:

Postar um comentário