quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Inter sofre a virada na Recopa


Campeão da Copa Libertadores do ano passado, o Internacional saiu em desvantagem na final da Recopa Sul-Americana. Na noite desta quarta-feira, a equipe colorada acabou derrotada por 2 a 1, de virada, pelo Independiente, da Argentina, vencedor da Copa Sul-Americana do ano passado, fora de casa, e precisará de uma vitória por dois gols de diferença, no próximo dia 24, no Estádio do Beira-Rio para conquistar o torneio.
Mesmo atuando fora de casa, o Inter conseguiu ditar o ritmo na primeira etapa. Bem postado no campo defensivo e no meio-campo, o clube colorado conseguiu segurar a pressão da equipe argentina e abrir o marcador em um contra-ataque bem armado. Depois de jogada pela direita de Nei, aos 36min, o camisa 9 Leandro Damião se antecipou à zaga argentina e balançou as redes.
A vantagem, no entanto, não durou muito. Aos 41min, depois de levantamento para a área, Maxi Velazquez venceu a defesa brasileira e tocou de cabeça para as redes. O gol abateu o Internacional e fez a equipe argentina crecer.
Na segunda etapa, o Inter chegou a levar perigo à meta argentina, especialmente nas jogadas de infiltração dos meio-campista. Em uma destas infiltrações, Tinga carimbou o travessão argentino, no maior susto sofrido pelos mandantes. Por outro lado, bem postado na defesa, o time dirigido interinamente por Osmar Loss teve azar.
Aos 27min, Marco Pérez cobrou falta e viu a bola desviar na barreira. Vendido na jogada, Muriel não pôde reagir e impedir a virada do time argentino, que se manteve melhor até o final do confronto, criando oportunidades para aumentar a diferença. Sorte do Internacional, que se mantém na disputa pela taça.
Independiente 2 x 1 Internacional
Gols:
Independiente: Julián Velazquez, aos 41min do primeiro tempo; e Murilo Perez, aos 27min do segundo tempo
Internacional: Leandro Damião, aos 36min do primeiro tempo
Independiente
Hilario Navarro; Julián Velazquez, Eduardo Tuzzio, Gabriel Milito; e Maxi Velazquez; Cristian Pellerano, Hernán Fredes, Jorge Pérez (Brian Nieva) e Matías Defederico (Nicolás Cabrera); Murilo Pérez e Leonel Nuñez (Osmar Ferreyra).
Técnico: Antonio Mohamed.
Internacional
Muriel; Nei, Bolívar, Índio e Kleber (Fabrício); Wilson Matias, Elton, Tinga e D'Alessandro (Andrezinho); Jô (Marquinhos) e Leandro Damião.
Técnico: Osmar Loss (interino)
Cartões Amarelos
Independiente: Cristian Pellerano
Internacional: Bolívar e D¿Alessandro
Árbitro
Wilmar Roldán (Colômbia)
  
Texto: Terra Esporte – Foto: Terra Esporte
Programa Intervalo No Esporte  - Radio Cidade – www.cidade104fm.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário