terça-feira, 29 de março de 2011

Morreu o ex-vice presidente José de Alencar


O ex-vice-presidente da República José Alencar, 79 anos, morreu às 14h41 desta terça (29), no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, em razão de câncer e falência múltipla de órgãos, segundo informou o hospital.
Após conversar com Josué Alencar, filho do ex-vice, a presidente Dilma Rousseff afirmou em Portugal que o velório será no Palácio do Planalto, em Brasília, aberto à visitação pública e com previsão de início às 10h30.
"Foi uma grande honra ter convivido com ele. Vai deixar uma marca. Estamos muito emocionados", afirmou Dilma.
Na quinta (31), o corpo também será velado em Belo Horizonte, no Palácio da Liberdade. De vendedor de tecidos a industrial, a trajetória de José Alencar Gomes da Silva se divide entre o empresário que fundou um dos maiores grupos têxteis do país e o político que só iniciou a vida pública em 1994 e chegou à vice-presidência após ser disputado por diversos partidos.
Ele nasceu em 17 de outubro de 1931, em Itamuri, município de Muriaé, na Zona da Mata mineira. Décimo primeiro filho de uma família de 15 irmãos, saiu cedo de casa e começou a trabalhar aos 14 anos, como balconista em uma loja de tecidos. Estudou só até a 5ª série.
O primeiro salário, de 660 cruzeiros, não dava para pagar um quarto de pensão. Alencar alugava, então, uma cama no corredor de um pensionato.
Com dinheiro emprestado por um irmão, aos 18 anos abriu sua primeira loja de tecidos, em Caratinga (MG). Batizada de “A Queimadeira” por um viajante português, vendia de tudo a preços populares. Daí em diante, não parou.
Texto: Globo – foto: Divulgação 
Programa Cidade Noticias  (12:00 as 13:00 hrs) – Radio Cidade – www.cidade104fm.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário