terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Jonas deixa Gremio


Artilheiro do Brasileirão de 2010, à frente de Renato Gaúcho na lista dos maiores goleadores da história do clube e considerado um dos ídolos recentes da torcida. Dados e curiosidades sobre o "Mestre Jonas" que ficaram para trás na manhã desta segunda-feira. Em entrevista coletiva na sala de conferências do Estádio Olímpico, a diretoria do Grêmio provocou surpresa ao anunciar a saída do atacante. Jonas vai para o Valencia, da Espanha, e nem defende o Grêmio na Libertadores.
Jonas teria pago o valor da multa rescisória - aproximadamente € 1,25 milhão (ou R$ 2,85 milhões) - e fica livre para negociar com qualquer clube. Desde o fim do ano passado a diretoria tricolor tentava antecipar a renovação de contrato do atacante, que inicialmente ficaria no Grêmio até dezembro deste ano. As conversas, entretanto, foram interrompidas enquanto os tricolores tentavam em vão acertar-se com Ronaldinho Gaúcho.
Coube ao vice de futebol Antônio Vicente Martins esclarecer a situação, em pronunciamento oficial:
- Estamos aqui para comunicar lamentavelmente que o Jonas está saindo do Grêmio. Ontem ele nos comunicou que está se acertando com um clube espanhol. Estávamos negociando a renovação, que começou com a diretoria anterior. Em troca de uma extensão do contrato até dezembro de 2011, foi estipulado um valor extremamente baixo de multa rescisória para o mercado brasileiro e absurdamente baixo para o mercado internacional. Tomamos conhecimento desse valor, tentamos com isso renovar, criar alternativas que pudessem ser satisfatórias para o jogador. Ele aceitou alguns valores que o Grêmio ofereceu, em determinado momento até abria mão de algumas propostas. O Grêmio aumentou muito, mas surgiu essa proposta vinda da Espanha.
Texto e foto: Globo
Programa: Intervalo no Esporte (18:00 as 19:00 hrs) Radio Cidade – www.cidade104fm.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário