quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Palmeiras. Polemica Valdivia. Será que acaba?


O assunto envolvendo as reclamações do meia Valdivia ainda rendem no Palmeiras. Depois que o chileno falou sobre as cobranças que sofreu no clube e cobrou respeito dos dirigentes e até do técnico Luis Felipe Scolari, o Alviverde passou a tratar do assunto como algo "exagerado".
- O assunto tomou uma forma maior do que deveria. Aconteceu em um momento errado, sem futebol e sem assunto - disse Antônio Carlos Corcione, assessor da presidência do Palmeiras, ao GLOBOESPORTE.COM.
Valdivia reclamou na imprensa pelo fato de ter sido o único atleta a ter de assinar uma carta de recomendações antes de sair de férias. Segundo o clube, o documento foi feito para que o Palmeiras pudesse se resguardar de problemas futuros, caso o chileno se machucasse em uma pelada ou qualquer outra atividade durante o recesso - o atleta terminou o ano com uma fibrose na coxa esquerda.
Um dos dirigentes atacados por Valdivia, Wlademir Pescarmona tratou de amenizar a polêmica. Segundo o dirigente, o assunto será tratado agora somente pelas pessoas envolvidas no caso.
- Esse assunto vai ser tratado internamente, na volta dos jogadores e da comissão técnica. Todos serão ouvidos. A intenção da carta para o jogador assinar era proteger a instituição, já que investimos uma soma muito alta na contratação. Em troca, exigimos e vamos sempre cobrar o retorno dentro do campo. O Valdivia, em boa forma física e técnica, focado apenas em jogar, é um atleta de alto nível. Esperamos ele em excelentes condições já no início da temporada - disse Pescarmona, em entrevista ao site oficial do Palmeiras.
Foto e texto: Globo
Programa Intervalo no Esporte (18:00 as 19:00 hrs) – Radio Cidade – www.cidade104fm.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário